NOTA DE REPÚDIO CONTRA A AGRESSÃO FÍSICA DE PROFISSIONAIS DE IMPRENSA

A Diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), gestão Vem Pra Luta, vem a público condenar a violência física contra o jornalista Disney de Paula, da TV Record de Cuiabá. O profissional foi agredido com socos durante o exercício profissional, no sábado (31/01) à noite. Na ocasião ele entrevistava cidadãos acusados de crimes, em uma delegacia de Cuiabá.

Da mesma forma, a Diretoria do Sindjor-MT é contrária e repudia noticiário jornalístico que incentiva a violência, a discriminação e o julgamento público como meio de obter audiência - o que ocorre atualmente de maneira deliberada, geralmente expondo cidadãos de baixa renda.

Entendemos que a violência não pode ser utilizada como meio de relação entre trabalhadores, muito menos por parte de advogados, que têm o dever profissional de defender a justiça e a aplicação da lei. 

Reafirmamos que a agressão entre profissionais em local de trabalho é inaceitável e jamais deve ser usada como forma de lidar com as diferenças de posição, opinião, políticas e/ou ideológicas. Mais que isso, a violência física, em nenhum âmbito, deve ser tolerada.

Diretoria do Sindjor-MT

Comentários

Postagens mais visitadas