DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

12 de ago de 2014

Edital premiará jovens que atuam na área de comunicação cultural

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, defendeu a maior participação dos jovens nas representações culturais brasileiras. "Durante a Conferência Nacional de Cultura, percebemos que faltava gente com menos de 20 anos no meio daquelas duas mil pessoas. Tínhamos vários programas interessantes para a juventude, mas faltava algo mais próximo", observou a ministra durante o lançamento do Programa Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude, nesta quinta-feira (7/8), no Rio de Janeiro. O edital vai premiar jovens entre 15 e 29 anos que desenvolvam iniciativas de comunicação voltadas à cultura. O prêmio é uma parceria entre o Ministério da Cultura, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Fundação Universitária José Bonifácio.

Com o objetivo de enfatizar o protagonismo dos jovens nos processos culturais, a cerimônia de lançamento aconteceu na Escola Nacional de Circo, única do gênero no Brasil, em meio a demonstração de malabaristas e show da banda Ciranda Elétrica, de Paraty. Contou com as presenças do reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Carlos Antônio Levi; da secretária Nacional de Juventude, Severine Macedo; do presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Guti Fraga; do secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, Américo Córdula; da secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural, Márcia Rollemberg; e do professor de audiovisual do projeto Fábrica Verde, no Complexo do Alemão, Felipe Milhouse.

Uma das vantagens do novo edital é sua flexibilidade na participação, os jovens poderão concorrer com conteúdos produzidos até mesmo pelo celular: "Não há necessidade de conhecer lei de incentivo. É muito melhor para o jovem poder mostrar como é a sua comunidade pelo celular, explicar visualmente como é. Paralelamente, a UFRJ está fazendo um trabalho com pesquisadores para saber em que tipo de experiência o jovem se inscreveu mais", conta Américo Córdula. "Queremos oferecer um instrumento para potencializar o que eles já estão fazendo. É uma coisa muito nova, nunca trabalhamos com este público. É uma experiência para pessoas que não costumam entrar em editais e nunca entraram em sites de ministérios", complementa a ministra Marta Suplicy.

Os projetos que concorrerão ao prêmio deverão contemplar ações ligadas a um dos seguintes eixos: educar para comunicar; produção de conteúdos culturais; distribuição de conteúdos culturais; meios/infraestrutura para a comunicação; comunicação e protagonismo social; e comunicação e renda. Todos os projetos devem ser inéditos e cada candidato poderá apresentar somente uma iniciativa cultural para a seleção.

Podem participar jovens entre 15 e 29 anos, brasileiros natos ou naturalizados e estrangeiros residentes no Brasil há mais de três anos, que desenvolvam iniciativas de comunicação para cultura. Serão 10 prêmios para jovens entre 15 e 17 anos; 25, entre 18 e 24 anos; e 25, entre 25 e 29 anos. Todos os prêmios terão valor bruto de R$ 14 mil.

Baixe aqui a íntegra do edital
As inscrições poderão ser feitas gratuitamente até 5 de novembro de 2014, por meio da internet (sistema SALICWEB), e-mail (comunicadiversidade@gmail.com) ou pelos Correios.

Nenhum comentário: