DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

4 de nov de 2013

NOTA DE REPÚDIO: Contra o cerceamento do jornalismo

A direção do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor/MT) repudia de modo veemente o cerceamento do exercício de jornalismo praticado por funcionário da empresa Mendes Júnior no dia 25, contra a jornalista Mayara Michels, do site RepórterMT, durante cobertura sobre princípio de incêndio na Arena Pantanal.

Com perfil jornalístico de conferir os fatos, a jornalista havia visto de fora do estádio fumaça do incêndio e, guiada pela fumaça, ela chegou à arena. Se identificou como jornalista e conversou com um segurança, que confirmou o incêndio. Mayara solicitou entrar no estádio e o pedido foi autorizado, mediante uso de equipamentos de proteção individual, exigência cumprida pela repórter.

Quando começou a tirar foto dentro da arena em construção, o engenheiro da Mendes Júnior tomou o aparelho celular da mão da jornalista Mayara e só o devolveu com a garantia de apagar os registros, o que foi feito, diante do nervosismo na situação. Tal atitude denota desrespeito ao trabalho jornalístico, além de violência ao ser humano. A assessoria da empresa ainda solicitou para a jornalista não registrar Boletim de Ocorrência (BO), mas a jornalista o fez.

Situações como essas constrangem profissionais da Imprensa no legítimo exercício da profissão e caracterizam abuso de autoridade e impedimento da liberdade de expressão por pessoas e fontes de fatos cobertos cotidianamente por jornalistas.

Mais que isso, acompanhar o uso de dinheiro público é direito de todo cidadão e a imprensa é responsável por ampliar essa fiscalização.

O Sindjor/MT reforça apoio à jornalista Mayara Michels e sua conduta e lamenta a falta de tratamento adequado que deve ser dispensado aos profissionais.

Direção do Sindjor/MT
Cuiabá, 4 de novembro de 2013.

Nenhum comentário: