DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

3 de jun de 2013

Prêmio jornalista Abdias do Nascimento será lançado em Cuiabá

Iniciativa visa estimular cobertura da mídia sobre questões raciais

O Sindicatos dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) lançam no próximo dia 15 (sábado), às 19h30, em Cuiabá, a terceira edição do Prêmio Jornalista Abdias Nascimento, iniciativa do sindicato carioca, por meio de sua Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-Rio). O objetivo é premiar profissionais que se dediquem à produção de matérias jornalísticas que deem visibilidade ao racismo como fator estruturante das relações sociais brasileiras. 

O lançamento acontecerá no Museu da Imagem e do Som de Cuiabá "Lázaro Papazian" (Misc), no centro histórico da capital.

Podem concorrer jornalistas profissionais de todo o país. Serão distribuídos R$ 35 mil em prêmios, nas categorias Mídia Impressa, Televisão, Rádio, Mídia alternativa ou comunitária, Internet, Fotografia e Especial de Gênero Jornalista Antonieta de Barros, sendo R$ 5 mil para cada categoria. Serão aceitas reportagens inéditas, publicadas ou veiculadas na imprensa brasileira entre 1 de agosto de 2012 e 31 de julho de 2013.
Lançado em 2011 pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ), por meio da Cojira-Rio, o Prêmio homenageia o jornalista e ex-senador Abdias Nascimento, ícone da luta contra o racismo e defensor dos direitos humanos.

Entre os destaques, como as inscrições online, a categoria Especial de Gênero que homenageia a jornalista negra Antonieta de Barros, nascida no início do século XX, que se tornou a primeira mulher negra a assumir um mandato popular no Brasil.

Criado para valorizar o conteúdo jornalístico capaz de tornar visível o racismo como fator estrutural das desigualdades socioeconômicas do Brasil, o Prêmio simboliza a busca por um jornalismo plural, que valorize a diversidade brasileira.

As inscrições poderão ser feitas exclusivamente pela Internet no sitewww.premioabdiasnascimento.org.br até o dia 31 de julho. A entrega da premiação será feita em novembro no Rio de Janeiro.
Programação em Cuiabá

A palestra “Racismo e Mídia”, ministrada pela pesquisadora Cândida Soares, do Núcleo de Educação e Relações Raciais (NEPRE-UFMT), abrirá a programação do lançamento em Cuiabá. Em seguida, a coordenadora da Cojira do Distrito Federal, Iris Cary, fará esclarecimentos e tirará dúvidas sobre o prêmio.

Logo depois, será a vez da programação cultural local, que contará com apresentação da Companhia de Teatro e Dança Ayolwa, com uma viagem poética ao Seio da Mãe África, com declamação feita pelo produtor cultural e militante negro Cristóvão Luiz Gonçalves da Silva.

A beleza da cultura negra poderá ser conferida na apresentação da Orquestra harmônica Urucungo de Berimbau, com a presença dos mestrandos Sangue Bom e Negô D’água, seguida da Kizomba Capoeira de Angola, com Mestre Lindomar.

A noite se encerra com show acústico com a banda Orpheus e jantar cuiabano. A entrada é franca. “Além de lançar o prêmio, queremos mostrar um pouco das ações dos militantes negros aqui de Cuiabá, dando aos jornalistas esta oportunidade de conhecer as agendas dos grupos organizados”, explicou a coordenadora da Cojira-MT, Neusa Baptista, que estará expondo no evento seu livro "Cabelo Ruim?".

Também participarão do evento, autoridades e militantes de grupos do movimento negro da capital.

Formato para apresentação de trabalhos por categoria:
Mídia Impressa - formato: PDF e/ou link
Televisão: Link da reportagem + roteiro em PDF. Também serão aceitos vídeos hospedados no site Youtube
Rádio: Link da reportagem + roteiro em PDF. Também serão aceitos áudios hospedados nos sites Youtube e Radiotube
Mídia Alternativa/Comunitária: Ver as orientações de cada categoria
Internet: PDF e/ou link
Fotografia: Até 900 pixels em formato JPEG
Especial de Gênero Jornalista Antonieta de Barros: Ver as orientações de cada categoria

Quem foi Abdias Nascimento
Um dos ícones do combate ao racismo no Brasil, Abdias do Nascimento foi jornalista (cujo registro profissional no SJPMRJ é datado de 1947), senador e um dos principais militantes e defensores dos direitos humanos do País. Atuou como profissional no impresso Diário Trabalhista, além de ter fundado o jornal Quilombo. Faleceu em 2011, aos 97 anos.

Fonte: Sindjor/MT

Nenhum comentário: