NOTA DE REPÚDIO CONTRA O GOVERNO DO ESTADO E DE APOIO AO JORNALISTA NIVALDO QUEIROZ - FORÇA COMPANHEIRO!


O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT) vem por meio desta nota pública repudiar o descaso do Estado de Mato Grosso com a difícil situação do colega jornalista Nivaldo Queiroz que luta, há seis anos, com muita bravura, contra um câncer no pulmão. Desde o dia 16 de dezembro do ano passado está em falta o medicamento Erlotinibe 150 mg na Farmácia de Alto Custo do Estado. Esse medicamento, que custa R$ 6 mil a caixa com 30 comprimidos, é fundamental nessa fase do tratamento, caso contrário a vida do Nivaldo fica ainda mais em risco do que já está. Nivaldo conseguiu uma caixa emergencialmente com a Fasubra, Federação à qual é ligado como servidor da UFMT. Mas o remédio já está acabando, porque ele toma um comprimido por dia após o almoço. Ora, o Sindjor-MT precisou emitir essa nota para cobrar do Estado o medicamento? Que absurdo ter que recorrer a esse expediente para sensibilizar o Estado no sentido de garantir o medicamento. IMEDIATAMENTE, porque o Nivaldo não pode esperar nem um segundo, nem ele nem todos que enfrentam o câncer ou outras enfermidades. O Sindjor-MT vem a público demonstrar indignação porque não adiantaram as várias matérias divulgadas sobre o caso. Que mentira foi aquela do Governo do Estado garantindo à imprensa que o medicamento chegaria dia 21 de janeiro e nada? Por acaso isso é alguma brincadeira com vida das pessoas? Nivaldo está buscando seu direito na justiça. Precisava disso? Que sarcasmo é esse desse Estado, que se diz atuante pelo nosso bem estar? Que crueldade é essa com aqueles que já padecem com a doença? Nivaldo aguarda o medicamento para HOJE, não pode esperar até amanhã. MAIS RESPEITO AO CIDADÃO MATO-GROSSENSE!

A DIREÇÃO

Comentários

Obrigado SINDJOR-MT em nomes de todos que necessitam de atendimento público em especial de saúde neste Estado. Minha luta hoje se transformou num dramático apelo a vida de muitas pessoas que padecem e sofrem por falta de sua medicação.
A Defensoria Pública já emitiu Liminar o Estado esta sendo NOTIFICADO. Infelizmente os ditâmes das Leis tem prazos. A vida não pode esperar.
To na Luta. To na vida.

Nivaldo Queiróz
Tem Câncer de Pulmão e necessita tomar todos os dias um comprimido de Erlotinibe 150MG pelo resto da vida.
Nivaldo, meu conterrâneo de Alto Coité, se precisar da minha ajuda, meu apoio, conte comigo. Desejo-lhe plena recuperação. Sei da importância de sua luta para o sindicalismo mato-grossense e seus compaheiros da UFMT. Acompanhei, como repórter, o trabalho que desenvolveu no Sintuf. Parabéns! Força nessa nova luta, pela sua saúde e em defesa de direitos como cidadão paciente do SUS. Além da doença, infelizmente ainda está sendo obrigando a enfrentar esse desrepeito.

Alecy Alves
Maria Santíssima disse…
Isso mesmo Alecy. Um cara deluta como o Nivaldo está fazendo valer o direito de todos que enfrentam esse mesmo problema. E a categoria está presente com ele.
Babi disse…
Muito Obrigada Sindjor!! Desde o início que começamos essa corrente sabia que podíamos contar com esta importante entidade! Concordo com os demais depoimentos, colegas de profissão e de luta!
Amanda Alves disse…
meu apoio também como colega de profissão e indignação quanto ao desvelo do Estado em relação aos usuários do SUS.

Postagens mais visitadas