Justiça condena Diário de Cuiabá a pagar salários atrasados com multa

Atendendo reclamação trabalhista ajuizada pelo Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), a juíza Bianca Cabral Doricci condenou o jornal Diário de Cuiabá a pagar aos trabalhadores da empresa R$ 97.779,00. O valor é referente a quatro meses de salários atrasados e correção monetária. À decisão, cabe recurso.

A juíza proferiu a decisão, no último dia 16 de fevereiro, diante do atraso salarial referente aos meses de junho, julho, agosto e setembro de 2011. Assinada pelo advogado Marcos Dantas, a ação foi proposta em nome de 17 jornalistas do Diário de Cuiabá que convivem com o frequente atraso salarial há mais de uma década.

“Esperamos agora que os valores sejam pagos e a condenação executada integralmente, pois a empresa costuma criticar desmandos em outros setores, mas não olha para o próprio umbigo”, afirma Téo Meneses, presidente do Sindjor. O valor inclui multa de 1% ao mês, além da atualização monetária. 

O Sindicato dos Jornalistas também ajuizou reclamação trabalhista contra a Folha do Estado por conta dos repetidos atrasos salariais. A ação ainda aguarda julgamento. Os repetidos atrasos já levaram os trabalhadores da empresa a suspender as atividades duas vezes em três meses.

Comentários

Anônimo disse…
pois é, foi condenado a pagar quatros meses, atrasados já estão completando seis meses e sempre diz amanhã, que nunca chega. Será que vão cumprir a ordem judicial? Será. Pressão neles. Mais do que nunca

Postagens mais visitadas