DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

23 de nov de 2011

Ata da Reunião Ordinária de 26/09/2011

SINDICATO DOS JORNALISTAS DE MATO GROSSO
Gestão “O Sindicato é você” 2011-2013
Filiado à Fenaj-Federação Nacional dos Jornalistas e à CUT
CNPJ:03.990.454/0001-45
Av. Mato Grosso, 167, Centro Norte,Cuiabá-MT-78.005-030
Tel.: (65) 3025.4723
www.sindjormt.org.br
E-mail: sindicatodosjornalistasdemt@gmail.com


ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 26 DE SETEMBRO DE 2011

Aos vinte e seis dias do mês de setembro de dois mil e onze, reuniram-se na sede do Sindjor-MT o presidente da entidade,Teonas Meneses, a diretora de Mobilização, Keka Werneck, o diretor de Registroe Fiscalização Profissional, Everaldo Galdino, o diretor regional de Várzea Grande, Carlos Montandon, a diretora regional de Barra do Garças, Lairce Campos e outros jornalistas, para tratar dos seguintes assuntos: INFORMES E PAUTAS (Ações definidas em AG; Campanha de Fiscalização, Eventos, Cargo de comunicador do concurso de Vázea Grande; Fórum de Democratização das Comunicações e outras). INFORMES: Carlos destacou que os jornalistas que trabalham na Secretaria de Comunicação de Várzea Grande estão recebendo abaixo do piso e que eles estão preocupados com isso. Everaldo informou que esteve na última reunião (21/09/2011) do MPE, onde discutiu com outros representantes de entidades, segmentos e sociedade civil, sobre o manifesto no Dia Internacional de Combate à Corrupção (9 de dezembro). Ele disse que o MPE convida o Sindjor para participar em um dos eventos que será realizado na segunda semana de dezembro deste ano, para comemorar à data e chamar toda sociedade mato-grossense para participar. Ele comunicou também que a próxima reunião na sede do MPE será no dia 3 de outubro. Lairce informou que vai participar da Semana de Comunicação dos acadêmicos de jornalismo de Barra do Garças. Téo destacou que a Justiça do Trabalho decidiu dar o registro de profissão de jornalista para Dejair de Souza Soares, que trabalha no site No Poder e salientou que o Sindjor recebeu um comunicado da Justiça do Trabalho para enviar um representante na audiência do caso de Dejair, mas não foi possível devido a falhas de comunicação interna no Sindicato, que impediram os diretores em participar. Ele explicou que nesse caso, o Sindjor irá recorrer na Justiça (após o dia 8 de outubro) e também vai informar o problema para a Fenaj. Téo informou que o Sindicato recebeu uma denúncia da Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento que pede averiguação sobre a atuação de Fernando Caldas, que assina como jornalista no jornal impresso “Prefeitura em Foco”. O jornalista Caio se prontificou em cuidar do assunto e elaborar um ofício para responder à Prefeitura. Keka comunicou aos participantes da reunião que terá um encontro no final de novembro na cidade do Rio de Janeiro (RJ) , que vai ser organizado pelo NPC, sobre jornalismo sindical e política, e convida um dos representantes do Sindjor em participar. Caio sugeriu que as reuniões dos membros do Sindicato sejam feitas através da internet, especificamente pelo msn. Jonas informou que foi convidado para ministrar uma palestra no Simpósio de Jornalismo em Barra do Garças. PAUTAS: Concurso de VG – O Sindjor vai entrar em contato com a representação de outras categorias que também se sentiram lesadas pelos salários colocados em edital para convidá-las a entrar como uma ação conjunta. Serão chamada entidades de classe como Crea-MT, CRM e OAB-MT, que também manifestaram que houve falha na divulgação de salários inferiores e horas de trabalho das profissões que atendem essas entidades, pelo Edital do concurso de Várzea Grande. Fórum Estadual de Democratização das Comunicações: Keka informou que haverá uma reunião do Fórum na sede do Sindjor, na próxima quinta-feira (29), a partir das 19h. Ela convidou todos os jornalistas e representantes do Grucon, CUT, dentre outros, para participar. Caio informou que participou do 1º Seminário de Rádio, promovido pelo Abraços em Cuiabá, dizendo que houve vários debates importantes de grupos, Ongs e entidades que discutiram vários temas e apresentaram fontes que apoiam à Organização Internacional do Trabalho (OIT). Ele sugeriu que os membros do Sindjor participem mais desse tipo de evento. Eventos:Téo salientou que o Sindjor vai promover um torneio de futebol de campo que terá feijoada e música, com a participação também dos membros dos sindicatos de Rádio e Gráficas que atuam em Mato Grosso, sendo um evento para arrecadar fundos ao Sindicato. Teve discussão sobre uma data para realização do evento e decidiram agendar no dia 30 de outubro, em um local a ser definido na próxima reunião. Priscila sugeriu que o evento fosse no IFMT, localizado no centro de Cuiabá, e que o valor da inscrição aos participantes do torneio seja de R$ 10,00. Os participantes concordaram que o evento seja realizado entre 8h às 16h. No debate, Everaldo sugeriu que está disposto pedir patrocínio para o evento deste que tenha um ofício do Sindicato informando o objetivo. Priscila se prontificou a cuidar do orçamento dos materiais e outras despesas necessárias para  realização o evento. Téo disse que vai cuidar da organização das regras do Torneio, convidando os profissionais para formação dos times e etc. Campanha de Fiscalização:  Caio, Téo, Priscila, Evealdo, Luana, Márcio Camilo, combinaram fazer uma visita nas redações do jornal Diário de Cuiabá e Folha do Estado, a partir das 14h, para conscientizar os profissionais que atuam nesses locais sobre às ações do Sindjor à respeito dos direitos trabalhistas e entregar o informativo Imprensa que Pensa. O presidente Teonas encerrou a sessão e eu, Everaldo Galdino, lavrei esta ata.

Everaldo Galdino
Diretor de Registro e Fiscalização do Sindjor-MT

Nenhum comentário: