CONCURSO VG: Prefeitura descumpre acordo e Sindjor recorre contra condições aviltantes

O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT) informa que recorrerá à Justiça contra as condições de trabalho da categoria propostas no edital do concurso da Prefeitura Municipal de Várzea Grande. Isso porque o Tribunal de Justiça (TJ/MT) revogou liminar concedida anteriormente ao Sindicato atendendo recurso do município.

A ação do Sindjor será protocolada diante do descumprimento do acordo firmado na manhã de quinta-feira (27) entre a Diretoria do Sindicato e representantes da Prefeitura. O combinado era que o entidade recuaria com o pedido de suspensão liminar do concurso para que, até a realização do certame, o município encaminhasse para aprovação na Câmara de Vereadores um novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), estabelecendo remuneração de R$ 1.600,00 para jornada de 5 horas diárias.

“Como eles descumpriram o acordo e preferiram recorrer ao Tribunal de Justiça, foi quebrada uma relação de confiança. Então, só nos resta a Justiça para ter nossos direitos respeitados”, declara o presidente do Sindjor-MT, Téo Meneses.

A ação contra as condições aviltantes oferecidas aos jornalistas será elaborada e protocolada pelo assessor jurídico do Sindjor, o advogado Marcos Dantas. O edital da Prefeitura prevê salário de R$ 829,70 para carga horária de 40 horas semanais a jornalistas e outras categorias de nível superior.

FONTE: Sindjor-MT

Comentários

Postagens mais visitadas