Código Florestal é assunto da semana em Cuiabá

Na semana do dia 20 a 27 de agosto a capital matogrossense estará repleta de atividades e debates voltados ao código florestal.

Na segunda-feira (22) acontece o I Simpósio Popular “As alterações do Código Florestal”, às 9 horas, na ADUFMAT, que fica na Universidade Federal de Mato Grosso. O espaço contará com a participação dos indígenas, agricultores familiares e representantes do governo e a população. No dia 26 está programada, a GRANDE MARCHA contra o novo Código Florestal. A concentração será a partir das 8 horas, no Parque Mãe Bonifácia, com caminhada até o Centro de Eventos Pantanal, onde estará acontecendo um seminário de lobby ruralista a favor do código.

Nesta semana, estudantes, entidades e sociedade civil estarão somando forças para as investidas que o governo e empresários estão fazendo no Brasil. Amanhã (dia 20), tem mobilização na Praça Ipiranga, às 14 horas, Cuiabá dirá NÃO à usina de Belo Monte e as Alterações do Código Florestal. Assuntos que serão debatido e aprofundado no I Simpósio Popular; espaço organizado para que a sociedade possa discutir e formular sobre as novas mudanças do Código, antes da sua aprovação no Senado Federal.

O I Simpósio contará com a participação de Raúl Krauser, representante da Via Campesina, do Senador de Mato Grosso, Pedro Taques, dos Professores Wanderley Pignati e Patrick Ayala da UFMT, além de José Ângelo representante do movimento indígena e estudantes. O espaço foi construído de forma coletiva pela sociedade civil, organizada em vários segmentos. Com o objetivo de discutir, formular e mobilizar, o Simpósio é o ponta pé inicial para a GRANDE MARCHA contra as alterações do Código.

Nos dias 26 e 27 está programa o Congresso Internacional de Direito Constitucional em que terá a participação dos senadores, Demóstenes Torres, Kátia Abreu, Dep. Aldo Rebelo, Ministro Gilmar Mendes entre outros. Para participar dessa atividade, custam R$ 400 reais, então não é um evento para a sociedade. Por conta disso, está programada a GRANDE MARCHA, que pretende reunir todos aqueles que querem debater o código florestal, mais não terão a oportunidade ou não concordam com o MEGA EVENTO DE LOBBY DOS RURALISTAS.

Venha para o debate, venha para as ruas, mobilize seus companheiros e defenda a natureza dos ataques capitalistas e dos latifundiários.

FONTE: Assessoria de Imprensa do FORMAD

Comentários

Postagens mais visitadas