DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

7 de jun de 2011

Hoje é Dia da Liberdade de Imprensa

SINDICATO DOS JORNALISTAS DE MATO GROSSO
Filiado à Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas e à CUT
Gestão “O sindicato é você” 2011 - 2013
Av. Mato Grosso, Nº 167, Sala 02, Centro Norte, Cuiabá-MT CEP 78005-030

MANIFESTO

Dia Nacional da Liberdade de Imprensa 

A informação é um dos bens mais preciosos da humanidade. E a Imprensa como instituição e os profissionais da mídia são os que devem vigiar pela correta informação da sociedade. A prática jornalística deve ser guiada pelo interesse público, livre das amarras do poder econômico, político e da perseguição a organizações populares.

Sem liberdade de expressão em diferentes e múltiplos meios existentes hoje não há como profissionais de imprensa estimularem a opinião pública e todas as classes sociais a cobrarem melhorias para uma vida digna de cidadãos. E nem mesmo os movimentos sociais, instituições do poder, organizações da sociedade civil e a iniciativa privada contribuírem a sua maneira com diversas comunidades nas diferentes dimensões da vida.

Por isto, neste Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, conclamamos todos os jornalistas e demais profissionais da mídia a refletirem sobre: 

1. a importância da liberdade e responsabilidade da Imprensa que se confunde com a democracia em Mato Grosso e no Brasil.
2. sem o livre trabalho da Imprensa muitas negociatas do poder ficariam impunes e direitos básicos de cidadania não contemplariam tantas pessoas que necessitam.
3. desmandos e violência gratuita seriam apagados da memória popular. 
4. as constantes agressões físicas, verbais e perseguições que vários trabalhadores da mídia têm enfrentado. 

Por fim, chamamos à reflexão ainda neste dia para a sobreposição de poder que temos com concessões de meios de comunicação outorgados pelo Estado atreladas a políticos, que utilizam essa vantagem como extensão da sua propriedade particular. E por fim, estendemos a reflexão a todos os profissionais que atuam em Mato Grosso para somarem ao Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso em ações contra a censura prévia praticada por profissionais, poderes e por decisões judiciais.

Cuiabá, 7 de junho de 2011 

Diretoria Executiva 
Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT)

Nenhum comentário: