DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

13 de mai de 2011

NOTA DE ESCLARECIMENTO

SINDICATO DOS JORNALISTAS DE MATO GROSSO
Filiado à Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas e à CUT
Gestão “O sindicato é você” 2011 - 2013
Av. Mato Grosso, Nº 167, Sala 02, Centro Norte, Cuiabá-MT CEP 78005-030
http://www.sindicatodosjornalistasmt.blogspot.com.br/
E-mail: sindicatodosjornalistasdemt@gmail.com



NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), por meio da sua direção, lamenta o episódio divulgado pela imprensa mato-grossense nesta sexta-feira (13.05) e repudia veementemente a prática de extorsão, ainda mais por aqueles que tem o jornalismo como profissão.

Ressaltamos que o Sindjor irá buscar informações sobre o caso e tomará as providências possíveis. Esclarecemos também que os acusados de extorsão não são sindicalizados, e até onde sabemos, nem diplomados em jornalismo.

Reforçamos que esse desvio de conduta pessoal não é da prática jornalística e se configura como um crime, com penalidades previstas em lei. Sabemos que não é um curso superior que garante a conduta ética de um profissional. Mas, acreditamos que a não regulamentação da profissão, com a queda da obrigatoriedade do diploma conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e da Lei da Imprensa, facilita desvios como esse.

O Sindjor-MT defende a criação de Conselhos Nacional e Regionais de Jornalismo como espaços adequados de discussão da prática jornalística e como norteadores da fiscalização da conduta profissional. Vamos debater o assunto com a sociedade e com autoridades do governo e do legislativo. A criação dos conselhos está prevista nas resoluções das Conferências Estadual e Nacional de Comunicação realizadas em 2010. É dessa forma que construiremos a profissão digna que garanta uma comunicação a favor efetivamente do interesse público.

Diretoria do Sindjor-MT

Cuiabá-MT, 13 de maio de 2011

Nenhum comentário: