DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

9 de mai de 2011

Ata de Reunião Ordinária - 05/05/2011

SINDICATO DOS JORNALISTAS DE MATO GROSSO
Gestão “O Sindicato é você” 2011-2013
Filiado à Fenaj-Federação Nacional dos Jornalistas e à CUT
CNPJ:03.990.454/0001-45
Rua Antonio Maria, 382, Centro Sul,Cuiabá-MT-78.020-270
Tel.: (065) 3025.4723
http://www.sindicatodosjornalistasmt.blogspot.com.br/
E-mail: sindicatodosjornalistasdemt@gmail.com


Reunião Ordinária do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso

Aos cinco dias do mês de maio de dois mil e onze, reuniram-se, às 19h30, na sede do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), o presidente do Sindjor Téo Meneses, a tesoureira, Márcia Raquel, a diretora de Mobilização, Keka Werneck, o diretor do Sindjor /VG Carlos Montondon, e demais jornalistas, para reunião ordinária com a seguinte pauta: Informes, Campanha Salarial 2011; Jornada na TV Centro América e Plantões; Seminário Interno da diretoria e outras. Informes: Téo informou que no dia 19 de maio haverá um seminário promovido pela Amam no sentido de desmistificar o juridiquês. Sindjor entra mobilizando a categoria para participar. Téo informou que segunda-feira, dia 9 de maio, às 13 horas, no Hotel Deville, vai participar de um encontro de twitteiros, representando o Sindjor, na mesa debatedora. Informou também que deu entrevista ao Sintep (Sin TV), canal 5, que foi tudo bem e as perguntas procedentes. Keka e Téo deram entrevista ao Prêmio Destaque de Jornalismo. Outro informe do Téo: TRE irá fazer um seminário, considerado importante pelos presentes, sobre o processo eleitoral, provavelmente em abril do ano que vem, para jornalistas. O Ministério Público Federal (MPF) também tem interesse em dar um curso para os jornalistas. Sobre o pagamento dos artistas que tocaram no sarau do Congresso, Keka informou que as duas notas fiscais já foram entregues à Fiemt. Keka perguntou à Márcia Raquel quando os móveis e equipamentos doados pelo TCE irão chegar à sede do Sindjor, e ela disse que está tratando no Tribunal e que provavelmente semana que vem chegam. Sobre o seminário interno ficou encaminhado que Keka passaria um e-mail com o esboço elaborado na reunião, fazendo informes gerais e pedindo a opinião de todos e todas. Sobre a questão da Centro América, os jornalistas explicaram que a jornada na TV é de cinco a sete horas. Portanto, conforme a legislação vigente, agora é obrigatória a parada de 1 hora no meio do expediente o que traz uma série de problemas, mas principalmente dois. 1) Não tem como parar no meio de uma entrevista, por exemplo, para fazer o descanso. 2) Os jornalistas alegam que parar por uma hora no meio do expediente alonga a jornada. Ficou encaminhado que o Sindjor irá elaborar uma cláusula, a ser incluída no Acordo Coletivo desse ano, já que a lei se aplica a todas as empresas. A cláusula deve garantir dois pontos: 1) Autonomia ao jornalista para ele descansar na hora que for mais conveniente à prática jornalística, seja no meio do expediente ou no final da jornada. 2) Autonomia às equipes para organizarem plantões de finais de semana e feriados, sem precisar que todos os jornalistas e outros funcionários das empresas estejam presentes. Sobre a Campanha salarial, ficou encaminhado que Keka e Anderson irão conversar com o superintendente da SRTE para marcar logo a mesa de negociação na Superintendência, partindo para a segunda fase da campanha. O presidente do Sindjor-MT Téo Meneses encerrou a reunião e eu, Ana Angélica de Araújo Werneck (Keka Werneck), diretora de Mobilização do Sindjor-MT, lavro essa ata.

Cuiabá, 5 de maio de 2011

Keka Werneck

Nenhum comentário: