DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

25 de jun de 2011

ATA 2 DA ASSEMBLEIA GERAL REALIZADA DIA 09 DE MAIO DE 2011 - assuntos diversos

SINDICATO DOS JORNALISTAS DE MATO GROSSO
Filiado à Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas e à CUT
Gestão “O sindicato é você” 2011 - 2013
Av. Mato Grosso, Nº 167, Sala 02, Centro Norte, Cuiabá-MT CEP 78005-030
www.sindicatodosjornalistasmt.blogspot.com.br
E-mail: sindicatodosjornalistasdemt@gmail.com

ATA 2 DA ASSEMBLEIA GERAL REALIZADA DIA 09 DE MAIO DE 2011 - assuntos diversos

Aos nove dias do mês de maio de dois mil e onze, reuniram-se, em Assembleia Geral, às 19h30, na sede do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), o presidente do Sindjor Téo Meneses, a tesoureira, Márcia Raquel, a secretária Geral Alcione dos Anjos, a diretora de Mobilização, Keka Werneck, o diretor do Sindjor /VG Carlos Montondon, o diretor de Registro e Fiscalização, Everaldo Galdino, e demais jornalistas, para tratar das seguintes pauta: Informes, Campanha Salarial 2011 e Jornada na TV Centro América, Sede Sindjor-MT, Seminário Interno da diretoria e outras. Informes: Téo informou que proprietário do imóvel da atual sala do Sindjor-MT ofereceu o ar condicionado que está instalado pelo valor de R$ 150 (parcela única), mas os presentes se mostraram preocupados já que pelo fato do ar ser antigo pode aumentar a conta da energia do sindicato. Márcia Raquel disse que está em contato com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) para transferir para a nova sala do Sindijor os móveis doados pelo Tribunal à entidade. Keka questionou se o curso da Amam, para jornalistas, terá certificado, o que seria importante. Téo ficou de se informar sobre isso, e também sobre um telefone de informações sobre o curso que possa ser divulgado, saber certo quais serão as datas do curso e horários, saber ainda se o Sindjor, como parceiro, terá que fazer releases ou apenas divulgar o release feito pela Amam. Aprovada a reforma do sofá. Alcione entrará em contato com um conhecido para ver um orçamento camarada. Everaldo vai checar se ainda há tempo de encaminhar alguém do Sindjor ao encontro dos jornalistas do Norte, em Rondônia. Passagem paga pelo Banco do Brasil. Alcione informou que foi procurada por três jornalistas para que o Sindjor fornece comprovante da sindicalização delas, foi encaminhado que serão feitas declaração das jornalistas certificando essas filiações, para fins de licitação. Sobre a campanha salarial, ficou marcado para o dia 30 de maio, às 9h, na SRTE, a segunda rodada de negociação com o patronado das comunicações. Na ocasião, vamos pedir inclusão de pauta, para contemplar os jornalistas da TVCA, mas que também atenderá aos jornalistas das demais mídias. Houve consenso do texto da cláusula entre o Sindjor e os trabalhadores da TVCA. Sobre a sede, Téo assinou ofício que será encaminhado à Secretaria de Estado de Administração (SAD), informando que o Sindjor-MT está pagando com muita dificuldade o projeto da sede própria e que vai murar o terreno, para começar a construir a nossa sede. Márcia Raquel informou que repassou R$ 1.135,00 para o arquiteto, falta R$ 865,00 para completar os R$ 2 mil da segunda parcela ao arquiteto que fez e assina o projeto arquitetônico e de engenharia. A primeira parcela foi de A primeira parcela paga foi de R$ 1.400,00. Sobre o seminário interno para a diretoria e militantes mais próximos, que querem se responsabilizar com tarefas específicas, ficou encaminhado que teremos que fazer um projetinho, para organizar os gastos e a logística de modo geral do evento, que será realizado dias 28 e 29 de maio. Sobre a questão de registro e sindicalização de não diplomados, ficou encaminhado que a diretora de mobilização irá esboçar uma normativa, para ser seguida por todos, sem dúvidas, e para ser colada no mural do Sindjor, para orientar a Ednalva e o Gilmar também. O presidente do Sindjor-MT Téo Meneses encerrou a reunião, lembrnado que a categoria permanece em assembléia permanente devido ao Acordo Coletivo de Trabalho 2011 e eu, Ana Angélica de Araújo Werneck (Keka Werneck), diretora de Mobilização do Sindjor-MT, lavro apresente ata.

Keka Werneck
Diretora de Mobilização

Nenhum comentário: