DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

11 de abr de 2011

MOÇÃO DE REPÚDIO

Jornalistas reunidos durante o III Congresso Estadual dos Jornalistas de Mato Grosso, realizado entre os dias 8 e 10 de abril de 2010, tomaram conhecimento de que durante o I Encontro dos Blogueiros de Mato Grosso, evento realizado no mesmo espaço do Congresso, a coordenadora do referido encontro, blogueira Elisangela Nepunuceno, tentou denegrir a imagem da ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas (Sindjor-MT), jornalista Keka Werneck, colocando o nome da jornalista na lista do "mais chato perseguidor da mídia livre", para receber o “Troféu Corvo”.

Outros nomes foram citados para a lista, porém a blogueira fez campanha para que os demais participantes do Encontro votassem pela entrega do Troféu Corvo à keka Werneck, não obtendo êxito pelo fato de que alguns blogueiros saíram em defesa da mesma.

Os representantes do Congresso entendem que o Troféu Corvo é uma manifestação legítima, criado pelo jornalista e blogueiro Paulo Henrique Amorim, no I Encontro Nacional de Blogueiros, ocorrido em São Paulo, em 2010, destinado aos “inimigos dos blogueiros”, no entanto, repudia que o nome da jornalista seja colocado nessa lista uma vez que a mesma tem tido uma conduta irretocável no sentido de defesa intransigente da liberdade de expressão e tem tido sua conduta reconhecidamente pautada pela ética.

Por último, os participantes do Congresso ressaltam que, quando a autora da proposta, cita o nome da ex-presidente do Sindjor-MT e atual diretora de Mobilização, não ofende apenas a ela, mas sim a categoria que ela representa. Nossa luta, por uma mídia livre perpassa pela construção de uma prática de comunicação responsável, que precisa, antes de tudo, ser pautada pela ética, respeito e pela boa qualidade da informação.

Cuiabá, 10 de abril de 2011

Nenhum comentário: