DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

21 de fev de 2011

Primeira etapa do Projeto Paralelo 15 tem início nesta sexta-feira (25)

Foto de Mário Friedlander


Dar visibilidade aos Afrobolivianos, uma minoria de cerca de 0,5% da população total da Bolívia, que quer se tornar mais conhecida e valorizada. Este é o objetivo do Projeto Paralelo 15, que inicia a sua primeira etapa de campo em 25 de fevereiro de 2011. Por cerca de 30 dias, os integrantes do projeto, Mario Friedlander, Hélio Caldas e o jornalista Chileno, radicado na Bolívia, Luca Spinoza, percorrerão a região onde habita a população negra boliviana.

No primeiro trecho da expedição cultural, na região conhecida como Gran Chiquitania Boliviana, a equipe vai documentar algumas Missões Jesuíticas, transformadas em Patrimônio da Humanidade pela Unesco, também alguns aspectos da vida cotidiana de várias comunidades Chiquitanas localizadas ao longo do trajeto, e aspectos naturais do Bosque Seco Chiquitano, um rico ecossistema existente na Bolívia que começa a ser ameaçado principalmente pelas atividades agropecuárias e madeireiras dos Brasileiros que migram para esta região.

A expectativa é que a equipe enfrente alguns entraves burocráticos nas fronteiras, bem como problemas de infraestrura no transporte, pois a Bolívia enfrenta um período de chuvas muito intensas que bloqueiam inúmeras estradas principalmente na região a ser percorrida. Além disso, a Bolívia passa por um momento de agitação política, a exemplo da "Crise do Açúcar".

No entanto, apesar das dificuldades que possam vir a enfrentar, os membros do Projeto Paralelo 15 estão firmes no propósito de dar visibilidade aos Afrobolivianos que vivem na região dos Yungas, à Leste de La paz. O trajeto a ser percorrido durante estes 30 dias é de aproximadamente 5 mil quilômetros, que serão feitos a bordo de um carro fechado, com tração 4 x 4.

Esta primeira etapa servirá de base para o projeto, pois será o momento de estabelecer vínculo com a população e colher informações e registros fotrográficos. O projeto prevê ainda mais três etapas, que resultarão em vários produtos finais, a exemplo de livros, exposições fotográficas e elaboração de relatórios.

O projeto vai fazer também um paralelo com as comunidades afrodescendentes do Vale do Guaporé, a oeste de Mato Grosso, mais especificamente no município de Vila Bela da Santíssima Trindade.

Informações:

O quê – viagem da primeira etapa do Projeto Paralelo 15
Onde – região dos Yungas, à Leste de La Paz (Bolívia)
Como – viagem terrestre, veículo fechado 4x4
Quando – partida 25 de fevereiro

Contatos e informações adicionais:
Mário Friedlander - 9983-5728 e 3644-0367
e-mail: projetoparalelo15@gmail.com
Blog: http://projetoparaleloquinze.blogspot.com/

Nenhum comentário: