DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

10 de nov de 2010

Semana de Democratização da Comunicação começa nesta quarta


Evento será realizado na UFMT, nos dias 10 e 11, e trará especialistas para debater as comunicações
.


Terão início nesta quarta as atividades da “Semana de Democratização da Comunicação da UFMT”. O momento não poderia ser mais oportuno, já que está em pauta a polêmica dos conselhos de comunicação cocial, assunto que também terá mesa específica no evento. O auditório da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis da UFMT (FAeCC) sediará as atividades, nos dias 10 e 11 de novembro. Com o tema “O papel da comunicação da sociedade contemporânea”, a Semana tem o objetivo de ampliar a discussão sobre o direito humano à comunicação. O evento é aberto à toda a sociedade e as inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link http://coletivojuntossomosfortes.blogspot.com/p/inscricao.html e no Centro Acadêmico de Comunicação Social da UFMT.


A programação contará com mesas de diálogo ao invés de painéis, uma forma encontrada de tornar o debate mais democrático e dar a todas as pessoas a chance de expressar sua opinião. Além disso, estão previstas oficinas, cine-debates e dois saraus. Professores, estudiosos e militantes dos movimentos sociais foram convidados para aprofundar debates acerca dos problemas enfrentados no setor. A iniciativa é nacional, e já foram realizadas semanas como esta em Brasília, na Paraíba e outros estados, a fim de aproveitar o momento em que a discussão está em alta no país, após a I Conferência Nacional de Comunicação, realizada no fim do ano passado.


Apesar de contar com dois dias de programação, o evento tem em seu título ‘semana’ para seguir as iniciativas nacionais. A realização fica por conta do Coletivo Juntos Somos Fortes, formado por estudantes de Comunicação Social da UFMT que é representação da Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação (ENECOS) em Mato Grosso. Apóiam o evento o Centro Acadêmico de Comunicação Social da UFMT (CACOS) e a própria universidade, por meio da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev).


“Essa semana é importante porque a comunicação precisa ser discutida, assim como saúde e educação, por exemplo. E eu dou destaque à comunicação porque ela está ligada às outras áreas”, enfatiza Dafne Spolti, membro da organização da Semana e militante pela Democratização da Comunicação. “Com uma comunicação mais democrática, as pessoas terão oportunidade de refletir de fato sobre os problemas sociais e entender que, se organizando, podem ter força para mudar o quadro de desolação que vivemos”, finaliza.


Além das concessões de rádio e televisão, meios de comunicação importantes no país, serão debatidas as questões do audiovisual, publicidade, o tratamento das minorias na mídia, o mercado e a formação profissional, a comunicação popular, alternativa e comunitária, e direitos autorais, além, claro, da mesa sobre os conselhos. Os participantes receberão certificado de 40 horas emitido pela UFMT, além de CD com resumo das palestras e DVD com a filmagem das mesmas.


Programação


Dia 10 de Novembro (Quarta-Feira)

8h - Mesa de diálogo: O que é democratização da comunicação?
Keka Werneck (Sindjor-MT), André Vieira (ex-ENECOS e Intervozes) e Geremias dos Santos (Abraço-MT)
Mediação - Juliana Segóvia

10h30 – Intervalo para café

11h – Comunicação e Educação
Fran Frassetto (Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso – Sintep-MT)
Mediação - Dafne

12h – Intervalo para almoço

13h30 – Mesa de diálogo: Como ganhar uma concessão de Rádio ou TV?
André Vieira (ex-ENECOS e Intervozes)

15h – Intervalo para café

15h30 – Mesa de diálogo: Conselhos de Comunicação Social
Professor Ailton Segura, Sindjor-MT e Dafne Spolti.
Mediação - Luiza


17h – Mesa de diálogo: Comunicação Alternativa, Popular e Comunitária.
DJ Taba (Movimento Favelativa, comunicador comunitário no bairro Jardim Vitória – Cuiabá-MT)
Professora Ms. Cláudia Moreira (UFMT)
Mediação -Rachid

19h - Chá com bolo

19h30 - Exibição do filme “A Revolução não será televisionada”
Direção e filmagem de Kim Bartley e Donnacha O’Briain, 72’
Diálogo sobre o filme – Coletivo Juntos Somos Fortes (Mariana, Dafne, Juliana, Devison, Adoniram, Angélica, Pedro, Rachid, Luiza,Felippy...)

21h – Mística de Abertura e Sarau com o Grupo Urutau


Dia 11 de novembro (Quinta-feira)

08h – Mesa de diálogo: Democratização do Audiovisual e Produção Independente
Cineasta Luiz Borges – (Mestre em Cinema e Curador do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá)
Professor Ms. Diego Baraldi de Lima
Professor Ms. Moacir Francisco Sant’ Ana

9h30 – Intervalo para café

10h - Mesa de diálogo: O tratamento da mídia sobre:
Mediação: Pedro

Homossexuais (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, e Transgêneros).
Daniel Guazina (Estudos de Cultura Contemporânea – ECCO/MT)

Crianças e Idosos
Prof. Drª Lúcia Helena Vendrúsculo Possari
Núcleo de Estudos de Comunicação da Infância e Juventude (Necoij-UFMT)

Mulheres
Profª Ms. Vera Bertolini (Núcleo Interinstitucional de Estudo da Violência e da Cidadania – NIEVCI/MT)

Movimentos e organizações sociais
Lucinéia Freitas (Movimento dos Travbalhadores Rurais Sem Terra – MST/MT)

Movimento Estudantil
Anne Cândido (Diretório Central dos Estudantes – DCE UFMT)

Ciganos
Professor Ms. Aluízio de Azevedo (UFMT)

Índios
OPAN (OPERAÇÃO AMAZÔNIA NATIVA)

Negros
Vera Lícia (Grupo de União e Consciência Negra – GRUCOM/MT)

Periferias
DJ Taba (Movimento Favelativa, comunicador comunitário no bairro Jardim Vitória – Cuiabá-MT)

12h – Intervalo para o almoço

14h – Mesa de diálogo: Qualidade de formação, o mercado e a sociedade.
Professor Yuri Kopcak (Associação Mato-Grossense de Áudio Visual-MT); e
Eduardo Ferreira (Videomaker, Membro do Movimento Música para Baixar)
Luana Soutos (Recém formada em jornalismo – TCC sobre a obrigatoriedade de formação para exercício da profissão)
Márcia Raquel (Sindjor-MT)
Mediador: Deivison

16h – Intervalo para café

16h30 - Oficina de análise da mídia
Professor Doutor Roberto Boaventura da Silva Sá (UFMT)
Mediador: Adoniram

18h – Mesa de diálogo: Retomada do Fórum Estadual de Democratização
da Comunicação
Entidades e membros do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação e participantes da I Semana Nacional de Democom-MT
Mediação: Coletivo Juntos Somos Fortes

20h – Sarau “Democratizaêê!”
Apresentação Teatro do Oprimido (Sérgio Freitas)
Palco livre – poetas, músicos etc.
Exposições – produções acadêmicas, artísticas, etc.
Feira de alimentos, bebidas e artesanato.

Da Assessoria

Nenhum comentário: