DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

13 de nov de 2010

NOTA PÚBLICA

O jornal Folha do Estado pagou na tarde dessa sexta-feira (12) dois salários que estavam em atraso referentes aos meses de setembro e outubro.

Jornalistas, que haviam manifestado a intenção de fazer greve, já desgastados por constantes atrasos salariais, informaram que o dinheiro entrou em conta.

Na quarta-feira (10) à noite, a diretoria do Sindjor, chamada pela categoria, fez uma reunião com a classe na porta da empresa.

A Assembleia Geral, marcada para sexta às 19h no mesmo local foi suspensa, mediante o pagamento. A subeditora de Política, Ana Karla Costa, desceu e, em nome da diretora de redação, Marisa Batalha, formalizou ao Sindjor que foi feito o pagamento e informou que tanto ela (Marisa Batalha) quanto Isabela Correa estarão à disposição do Sindicato, para, semana que vem, discutirem um calendário de pagamento até o final do ano, evitando atrasos nas folhas de novembro e dezembro e no 13º salário.

Toda a diretoria executiva do Sindjor - as jornalistas Keka Werneck, Márcia Raquel e Alcione dos Anjos - esteve na porta do jornal Folha do Estado, no horário marcado.

O Sindicato, após ouvir a proposta de calendário da empresa, na semana que vem, vai levá-la ao conhecimento dos jornalistas, para possível aprovação ou veto.

A mobilização dos trabalhadores, a intervenção do Sindjor e as notícias veiculadas sobre o fato foram fundamentais para que a empresa pagasse os dois salários. O Sindicato dos Jornalistas, em nome da categoria, espera que a Folha, assim como os demais veículos de comunicação do Estado, assumam o compromisso de honrar a legislação trabalhista e garantir o pagamento dos salários dentro dos prazos previstos em lei. O que, vale lembrar, é direito inalienável de todo trabalhador.

A DIRETORIA

Nenhum comentário: