DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

28 de jan de 2009

NOTA DE DESAGRAVO

O Movimento LutaFenaj! expressa sua integral solidariedade à repórter-fotográfica Fabiana Veloso e à repórter Paula Brito, vítimas de perseguição patronal e do descaso de quem deveria defendê-las: a direção do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba.
As duas jornalistas eram funcionárias do Jornal da Paraíba e disputaram, em setembro de 2008, a diretoria do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba. Fabiana tinha mais de sete anos no jornal. Em 2004 ela ingressou pela primeira vez no Sindicato como diretora de imprensa e cultura, onde se revelou uma militante combativa e inovadora. Na eleição do ano passado, compôs a chapa de oposição articulada pelo movimento Novos Rumos. Como membro dessa chapa, Fabiana denunciou corajosamente os problemas vividos por nossa categoria profissional.

Nos últimos meses as práticas de assédio moral que Fabiana vinha sofrendo no Jornal da Paraíba se avolumaram. Finalmente, Fabiana e Paula foram demitidas, em clara retaliação ao seu envolvimento na luta sindical, sem que a direção do Sindicato tomasse providências em defesa das jornalistas.
A direção da Fenaj calou-se no episódio, o que é inaceitável.

Coordenação Nacional do Movimento LutaFenaj!
Janeiro de 2009

TAMBÉM ASSINAM A NOTA

Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT)
Sindicato dos Jornalistas de Brasília (SJPDF)
Sindicato dos Jornalistas de Sergipe (Sindijor-SE)

Nenhum comentário: