DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

1 de dez de 2008

5ª Marcha da classe Trabalhadora será quarta em DF

Fonte: Diap

Com a bandeira do 'desenvolvimento e valorização do trabalho', o movimento sindical, sob a liderança das centrais sindicais, realiza nesta quarta-feira (3), a 5ª Marcha da Classe Trabalhadora, em Brasília. A organização da marcha espera reunir cerca de 50 mil trabalhadores, que partirão do estacionamento do Estádio Mané Garrincha até a Esplanada dos Ministérios, onde haverá um ato público.
Na agenda da marcha consta uma pauta ampla e unitária das entidades sindicais. No âmbito dos direitos sindicais, o movimento pede o fim do interdito proibitório, respeito ao artigo 522 da CLT, contra a Súmula 666 do STF, e o Precedente Normativo 119 do TST.
No campo da ampliação dos direitos, o movimento reivindica a aprovação, pelo Congresso Nacional, das convenções 151 e 158 da OIT, fim do fator previdenciário, e redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais.
No aspecto da agenda de desenvolvimento e valorização do trabalho, as bandeiras de luta são a ampliação da tabela do imposto de renda da pessoa física, redução dos juros, energia (pré-sal), trabalho decente, educação e qualificação.
Os trabalhadores começam a concentração no Estádio Mané Garrincha, a partir das 5 horas. A marcha se inicia a partir das 9 horas e culmina com ato político no gramado do Congresso Nacional.

Nenhum comentário: