DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

10 de nov de 2008

Jornalismo de MT perde Jota Maia

Mato Grosso perde um dos mais importantes homens da comunicação, que por vários anos atuou na defesa das liberdades individuais e coletivas. Quando perdemos alguém assim, perdemos também um pedaço da democracia. Foi assim que o jornalista Ivaldo Lúcio se referiu à perda do colega José Maia de Andrade, o “Jota Maia”, que faleceu no último domingo (09).

Amigos desde a década de 40, quando Jota Maia chegou do Ceará a Mato Grosso, Ivaldo acompanhou toda a luta do jornalista pelos seus ideais, principalmente durante o período da ditadura militar. “Maia foi muito perseguido. Foi preso várias vezes devido a seus artigos e também pelos artigos que permitia que seus jornalistas publicassem”, lembrou Ivaldo Lúcio. “Hoje em dia que patrão permite isso?”, questionou.

+++ Luto – Jota Maia faleceu aos 74 anos, na madrugada de domingo (09) vítima de derrame após uma parada cardíaca. Familiares e amigos velaram o corpo do jornalista na Capela Jardins e o seu sepultamento ocorreu no final da tarde de domingo, no Cemitério Parque Bom Jesus, no Coxipó da Ponte. Casou-se com Adelita, com quem teve três filhos e uma filha. Da velha guarda do jornalismo em Cuiabá, dirigiu o semanário “Correio da Imprensa”, que deixou de circular em 1981, e atualmente comandava o “Correio da Semana”. A família ainda não definiu em que igreja será realizada a missa de sétimo dia.

2 comentários:

Ley disse...

NO nosso corre-corre. No nosso dia-a-dia as vezes, sem querer, a gente acha que os jornalistas são eternos, ai quando um colega parte, sei lá, a gente pára pra pensar: "meu Deus, somos mortais" e fica a saudades dos que se foram. Que a passagem de J maia seja bem tranquila.

Ley Magalhães

Marcao disse...

O Correio da Imprensa era DIARIO, um jornal que se ainda tivesse em funcionamento, seria o que o proprio Dorileo Leal disse um dia pro jornalista J. Maia ''sria o império da comunicação de MT''...O Correio da Semana sim era SEMANAL, atualmente VIRTUAL no www.jornalcorreiodasemana.com.br