DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

24 de set de 2008

Prêmios colocam em pauta temas de grande relevância social

JORNALISMO QUE FAZ DIFERENÇA

O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (sindjor-MT) é parceiro na realização de dois prêmios de jornalismo que estão em curso: I Prêmio de Jornalismo UNIC/Sindjor-MT, que tem como tema a Educação Superior em Mato Grosso, e o I Prêmio Nacional de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga – Pela erradicação do trabalho escravo em Mato Grosso.

Para o Sindjor, o a realização de prêmios de jornalismo é uma forma de valorizar o profissional da imprensa, por serviços prestados. E é também uma forma de incentivar melhores reportagens e chamar a atenção para assuntos e temas de grande relevância social.

O I Prêmio de Jornalismo UNIC/Sindjor-MT tem como objetivo incentivar a produção jornalística de reportagens sobre o papel da educação superior no Estado, com vistas à inovação, tecnologia, responsabilidade social e inserção global, focando todas as áreas de conhecimento.
Mais informações sobre regulamento e ficha de inscrição para o prêmio, que vai dar um notebook para cada ganhador, podem ser obtidas por meio dos telefones (65) 3363-1013 ou (65) 3025-4723, ou por meio do www.sindicatodosjornalistasmt.blogspot.com/2008_05_01_archive.html.

Vale destacar que as inscrições deverão ser feitas impreterivelmente até o dia 03 de novembro de 2008.

Prêmio Nacional Dom Pedro Casaldáliga

Para o I Prêmio Nacional de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga – Pela erradicação do trabalho escravo em Mato Grosso, as reportagens deverão ser veiculadas em rádios, jornais impressos, telejornais, revistas ou sites de notícias de todo o país, no período de oito de agosto deste ano até fevereiro de 2009. Poderão concorrer jornalistas de todo o Brasil, porém, o enfoque da notícia terá de ser a realidade do trabalho escravo no Estado de Mato Grosso, que ocupa o segundo lugar no ranking nacional de trabalhadores resgatados.

O Prêmio Nacional Dom Pedro Casaldáliga é uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho e do Ministério Público Estadual, e conta com o apoio da FENAJ, do Sindjor-MT, da Associação dos Magistrados do Trabalho (AMATRA23), da Associação dos Promotores de Justiça do Estado e da Superintendência Regional do Trabalho (SRTE/MT).

Premiação terá valores nunca pagos


As melhores matérias jornalísticas vão concorrer a prêmio em dinheiro cuja origem é de ações judiciais e termos de ajustamento de conduta. No total será destinada a importância de R$ 180 mil. Os segundos colocados em cada categoria serão premiados com notebooks. As inscrições já estão abertas desde o dia 08 de agosto e deverão ser feitas via internet no seguinte endereço http://www.mp.mt.gov.br/ <http://www.mp.mt.gov.br/>. É necessário preencher a ficha de inscrição e consultar todo o regulamento do prêmio.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos telefones: (65) 3613 9140 ou (65) 3613 1632.

Nenhum comentário: