DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

28 de ago de 2008

DEU NO SITE DA SECOM-MT: Sindjor pressiona governo para fazer concurso

Foto: Edson Rodrigues/Secom-MT
Redação da Secom-MT

Representantes da diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor) encaminharam um ofício ao governador Blairo Maggi solicitando que o governo do Estado intensifique os esforços para a realização de concurso público para preencher cargos de assessores de imprensa em secretarias e órgãos vinculados ao Poder Executivo Estadual.


O documento será entregue ao governador pelo secretário José Carlos Dias (Comunicação Social), que nesta quinta-feira (28.08) recebeu em seu gabinete a presidente do Sindjor, Keka Werneck, a secretária-geral, Alcione dos Anjos e a tesoureira da entidade, Márcia Raquel de Oliveira.


O documento lembrou que a realização do concurso, ainda este ano, além de ser um pleito do sindicato externado ao governador durante uma audiência em fevereiro passado, também foi determinado pelo Tribunal de Contas do Estado em relatório por ocasião do julgamento das contas anuais do exercício de 2007 da Secom. “Regulamentar a situação dos assessores de imprensa que atuam no serviço público mais do que abrir vagas no mercado de trabalho é assegurar uma comunicação plural, de qualidade e comprometida com o Estado de Mato Grosso”, diz trecho do ofício encaminhado ao governador.


Durante a reunião, acompanhada também pelo superintendente de Comunicação da Secom, Carlos Martins, os diretores solicitaram ao secretário José Carlos Dias o apoio da Secom para que a entidade consiga uma sala num prédio público para a instalação provisória de sua sede. Em junho passado, foi assinado com a Secretaria de Administração um termo de concessão de uso de uma área doada ao sindicato pelo Governo do Estado para a construção da sede própria. A área, de 1.024,10 metros quadrados, está localizada no Centro Político Administrativo próximo à Defensoria Pública, ao Ministério Público Estadual e à Ordem dos Advogados do Brasil em mato Grosso (OAB-MT).


“O sindicato paga hoje um aluguel mensal de R$ 515,00 e se conseguirmos uma sala, esse dinheiro poderá ser usado para outras despesas até que nossa sede fique pronta”, disse a presidente do Sindjor, Keka Werneck.


Para a construção da sede, o sindicato espera contar também com o apoio de parlamentares estaduais, que podem destinar emendas alocando recursos para as obras. Durante a reunião, o secretário José Carlos Dias falou também sobre o trabalho que os jornalistas da Secom realizam e o relacionamento que a redação mantém com os veículos de comunicação.

Nenhum comentário: