DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

7 de fev de 2008

Sindjor/MT participa de bate-papo com acadêmicos de jornalismo da Unic

Estudantes de jornalismo da Unic e representantes do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor) reuniram-se no dia primeiro de fevereiro para um bate-papo. O encontro , realizado no estúdio de TV do curso de jornalismo da Unic, foi gravado e serviu também como aula para os estudantes.

O bate-papo, do qual participaram a presidente do Sindicato, Keka Werneck, a secretária geral Márcia Raquel, o representante da comissão estadual de qualidade de ensino Johnny Marcus, foi gravado em forma de programa de televisão, onde o professor Elton Rivas foi o apresentador. Também participou do programa o recém formado em jornalismo Fred Fagundes.

Ao todo participaram cerca de 20 alunos das quatro turmas do curso de jornalismo da Unic. Durante o programa os representantes do sindicato falaram um pouco de sua trajetória até o momento que decidiram entrar na luta por uma categoria melhor.

O principal assunto abordado foi à questão do estágio para os alunos de jornalismo. A presidente Keka Werneck reiterou que o estágio continua sendo proibido, mas que na prática ele acontece, de forma que não há como negar a sua existência. Segundo Keka o estágio em jornalismo deve ser liberado, com as devidas regulamentações, pois é uma forma de o futuro jornalista interagir com o mercado do qual ele vai fazer parte.

Além da questão do estágio os representantes deram boas dicas aos futuros jornalistas, principalmente com relação ao mercado de trabalho.

Descontração

Antes das gravações a descontração entre o sindicato, acadêmicos e técnicos do laboratório de TV rolou solta com direito a canja da presidente Keka Werneck, assim como durante os intervalos da gravação com todos caindo na risada com as imitações de programas de televisão famosos.

Nenhum comentário: