DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

28 de fev de 2008

Debate servirá também para mostrar comprometimento dos políticos-apresentadores com a sociedade

Finalmente chegou o dia do debate Mídia e Política – Usos e Abusos, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT). O evento ocorre às 19h30 no auditório Licínio Monteiro da Assembléia Legislativa e a mesa do debate será composta pelo promotor Marcos Machado; os deputados estaduais Sérgio Ricardo, Walter Rabello e Maksuês Leite - que atuam como políticos e apresentadores de programas televisivos -; o professor doutor em Jornalismo, Roberto Boaventura da Silva Sá; o cientista político Manoel Motta (ambos da UFMT), e a presidente do Sindjor, jornalista Keka Werneck.

O debate é uma forma de mostrar o compromisso desses homens públicos com a sociedade, pois o tema foi pautado pela demanda dessa sociedade que cobra um posicionamento do Sindjor sobre o assunto. “Além da palavra que eles já deram ao aceitar o convite, há um termo de compromisso assinado pelos três parlamentares no qual se comprometem a participar do debate”, explica a tesoureira do Sindjor, Alcione dos Anjos.

Segundo ela, para garantir a discussão se há ou não o uso da mídia para fins eleitoreiros, o Sindjor convidou vários seguimentos da sociedade que irão expor seus pontos de vista como representantes de instituições públicas, de sindicatos, partidos políticos, organizações, entidades estudantis, sociedade em geral e a própria imprensa. “Entendemos que o tema é de interesse público”, explica.

Após a fala dos debatedores, a palavra será aberta para os questionamentos do público. “Há o comprometimento também do presidente da AL de que o evento será gravado para posteriormente ser transmitido pela TV Assembléia, prova da idoneidade dessa Casa de Leis, que afinal é a Casa do Povo”, finaliza.

Nenhum comentário: