DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

19 de dez de 2007

Pingando vela em Zeca

Por Cláudio Oliveira*

Receio que talvez tenha passado tempo demais para a reflexão, mas o distanciamento é bem-vindo para evitar os excessos. A última segunda-feira foi palco do encontro anual de jornalistas organizado pelo Sebrae. Esta edição teve como palestrante o editor-chefe do Fantástico, Zeca Camargo. A palestra começou com um certo desconforto promovido pelo apresentador do evento, que pediu para todos ficarem de pé e acompanharem o hino de MT. O problema é que o hino não foi cantado, mas, sim, apresentado em vídeo dirigido pela diretora Bárbara Fontes. Senti falta do céu nesta segunda apreciação.

Diferente do jornalista João Negrão, a quem admiro, não senti falta de neurônios no editor-apresentador. Pelo contrário, senti um compromisso com o jornalismo, com a ética e a responsabilidade que é produzir para o Fantástico cuja audiência gira na casa dos milhões. Zeca fala dos pontos de Ibope: “é lógico que queremos ser vistos e ouvidos, mas esta não pode ser a bússola de nenhum jornalista, se for, começou errado.” E complementa: “você quer ser visto e revisto. Quer cativar as pessoas, seduzir, e isso vale para todas as mídias”.

A trajetória do Zeca é interessante: editor da Ilustrada (FSP) e diretor de jornalismo da MTV, entre outras. Hoje é editor-chefe da maior revista eletrônica da Globo: são duas horas e meia de programa. Senti um profissional que olha para o futuro e tem a noção do processo de conversão digital que os meios estão sofrendo.

Achei overpromisse (excesso de promessa) e questionei-o sobre a sua afirmação de que toda a semana o Fantástico estréia um quadro novo. Ele se defendeu dizendo que os ganchos são novos, ou teria eu visto por aí, rotoscopia misturado com filosofia? É claro que a série sobre física ou sobre filosofia, ou a matéria sobre alquimia é realmente gancho interessante que deve ser buscado em qualquer meio.

Interessou-me a sistemática do programa, o cronograma de atividades e o tamanho das matérias, que, segundo ele, podem ter até 2h30 (piada, a meu ver), mas citou o exemplo do Falcão, meninos do tráfico que ocupou 56 minutos do programa. Senti que a média é de cinco minutos podendo crescer um pouco mais caso valha a pena, mas dificilmente uma matéria terá mais de dez minutos.

Lembrei durante a sua palestra dos meus tempos de criança quando a curiosidade me levou a pingar vela sobre as formigas para vê-las com calma e estudá-las em detalhe. Acho que no fundo era esta a minha vontade, extrair mais da sua experiência e não ficar discutindo ideologia ou teoria da conspiração.

*CLAUDIO OLIVEIRA é jornalista

3 comentários:

Anônimo disse...

Zeca Camargo pode falar que ibope não influencia, mas não é isso que acontece na real!!! Ele pode ser o próximo a sair do Fantástico!!!

http://noticias.uol.com.br/uolnews/celebridades/ooops/2007/12/27/ult2548u439.jhtm

27/12/2007 - 12h22
Críticas e ibope tiraram Glória Maria do "Fantástico"

Ricardo Feltrin
colunista do UOL News

Glória Maria anunciou ontem sua saída do "Fantástico" e justificou que a medida foi tomada por "cansaço". Ela disse que vai entrar em "período sabático" de dois anos (para viajar, escrever, gravar um CD etc). Em seu lugar ficará Patrícia Poeta (mulher do diretor da Globo Internacional, Amauri Soares).

No entanto, Ooops! apurou que o motivo real que levou Glória Maria a deixar o programa após uma década foi outro tipo de "cansaço": cansaço de críticas, aliado ao mau momento que a revista dominical atravessa no ibope.

Nas últimas semanas Gloria Maria vinha dizendo a amigos que não suportava mais receber o que classificou como ataques "injustos" de telespectadores e internautas. Ela disse sentir também que estava sendo apontada --injustamente- como uma das responsáveis pela queda de ibope da atração.

Na verdade, cansados de sua presença quase opressiva na TV todos os domingos, cada vez mais telespectadores vinham escrevendo à Globo e em sites especializados pedindo a saída de Glória (e a de Zeca Camargo também, o que pode ocorrer em breve).

Por exemplo, no último dia 10, Ooops! abriu um fórum livre de discussões para que os internautas comentassem a queda de audiência do "Fantástico". Foram quase 1.000 mensagens. Dessas, cerca de 180 citavam Glória Maria diretamente como uma das causas.

Isso porque, um dia antes, o dominical da Globo registrara um dos piores ibopes de sua história (21,8 pontos). A média nos últimos meses tem ficado em torno dos 25 pontos --o que é muito pouco para o padrão de audiência do dia e horário. O "Fantástico" é um dos principais faturamentos da Globo.

A instabilidade do "Fantástico" vem de longa data. Há mais de três anos alguns diretores na Globo já defendiam mudanças profundas no programa. Na opinião deles, o "Fantástico" de fato criou um formato de sucesso, mas que hoje está desgastado --principalmente porque agora enfrenta uma cópia concorrente ("Domingo Espetacular"), que também é apresentado por ex-globais e que tem a vantagem de ir ao ar mais cedo.

A Record oficialmente nega ter feito qualquer convite a Glória Maria "no momento". Mas, no ano passado, fez.

João Negrão disse...

Meu caro Cláudio:
Concordo muito com o que você escreveu. Inclusive - e especialmente - com a não-carência de neurônios do Zeca. De fato ele não é burro. Mas é, sim, conveniente, e mais que isto, conivente com a burrice da televisão brasileira, em especial o Fantástico que ele ajuda a fazer.
Não desprezo totalmente o programa e concordo que há quadros muito bons. Também pudera, eles precisam abarcar uma audiência necessária e não vai conseguir apenas baixando o nível intelectual. Note bem, eu disse nível intelectual, porque o estético e tecnológico é de primeira qualidade. Nisso a Globo é mestre.
Lamento, entretanto, que não é todo mundo que consegue enxergar. Especialmente lamentável que jornalistas não consigam enxergar a manipulação, o direcionamento do ponto de vista político-ideológico, que a Globo faz, sempre dentro da conveniência de seus interesses empresariais e políticos - em outro momento poderemos discutir sobre o PIG.
O cidadão - e não apenas o jornalista, já que para este é uma obrigação - precisa ver além do trivial, o que está por detrás das aparências, analisar qual nível de interesse move, por exemplo, uma reportagem em que marginaliza e estigmatiza comunidades quilombolas; qual o nível de interesse em matérias que dizem que o fim da CPMF será bom para as camadas pobres; quais os motivos para transformar Hugo Chaves e Evo Morales em dois "ditadores sanguinários" (Por que compará-los a Hitler, numa leviandade política e histórica?); enfim, poderia ocupar todo o espaço desse blog relacionando as mentiras que a grande imprensa, tendo à frente as Organizações Globo, conta para o cidadão. Não que seria perda de tempo ou espaço, mas de todo caso está aí o debate, muitíssimo interessante.
Grande abraço.
João Negrão

D Entertainment disse...

bao nhiêu hiệu quả, Nhạc Chí Thu vẫn có thể phát hiện ra hắn.

- Phần Tiên Liệt Diễm cầu.

Phần Tiên Liệt Diễm Cầu mang theo một ngọn lửa nóng bỏng bắn về phía Nhạc Chí Thu, thân ảnh của Nhạc Thànhdongtam
mu moi ra hom nay
tim phong tro
http://nhatroso.com/
nhạc sàn
tổng đài tư vấn luật
văn phòng luật hà nội
tổng đài tư vấn luật
thành lập công ty trọn gói
http://we-cooking.com/
chém gió
trung tâm tiếng anh cũng dần hiện tới trước mặt

Hai luồng lực lượng đan vào nhau, một thanh âm kinh thiên vang lên, sắc mặt của Nhạc Thành đột nhiên trở nên tái nhợt, hắn nhanh chóng rút lui đi vài trăm mét, khóe miệng có một huyết dịch chảy ra.

Mà đồng thời lúc đó, sau lưng của Nhạc Chí Thu, không gian cũng gợn sóng, ngay lập tức Nhạc Thành áo xanh từ trong đó ngưng tụ thành hình.

- Ám Ảnh Kiếm.

Ba Ám Ảnh Kiếm phát ra cùng lúc, háo thành ba luồng sáng màu vàng, đột ngột mà tấn công tới Nhạc Chí Thu.

Ở cách xa hai trăm thước, tuy nhiên tốc độ của Ám Ảnh Kiếm không hề kém, nhanh chóng vượt không gian mà tiến tới trước mặt của Nhạc Chí Thu.

- Xoẹt xoẹt xoẹt.

Ba luồng sáng màu vàng nhanh chóng đánh bại đấu khí phòng ngự của Nhạc Chí Thu