DESTAQUE

NOVO PISO: Jornalistas e patrões firmam acordo coletivo de 2017

Da assessoria Após seis rodadas de negociação, mediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, o Sindic...

13 de dez de 2007

Humberto e Teis no TCE: Mera formalidade

Mera formalidade. A sabatina do deputado Humberto Bosaipo ontem na Assembléia Legislativa para aprovação de seu nome ao Tibunal de Contas do Estado (TCE) não passou de formalidade. Enquanto os jornais da capital mato-grossense aguardavam o resultado no final do dia para fechar suas respectivas edições, o convite para a posse dos novos conselheiros já estava sendo rodado. Pelo menos essa é a explicação mais lógica para que a formalidade fosse cumprida já na manhã de hoje!

A eficiência é tanta que às 9h30 os convites já etavam sendo entregues aos órgãos públicos e demais entidades que ao cerimonial cumpre convidar. Cartas marcadas? Todos sabemos que sim, mas ao menos podiam ter disfarçado, não?!

2 comentários:

Jonas da Silva disse...

Todos os cidadãos mato-grossenses deveriam colocar um nariz de palhaço e ir à posse do agora ex-parlamentar.

É um desaforo do Poder Legislativo, que se diz a Casa do Povo, concordar em colocar uma raposa para cuidar do galinheiro.

Todo citadão de bem deve sim começar a puxar um abaixo-assinado ou algo que valha para termos o direito de saber porque o MPE questiona a votação para o cargo desse ‘conselheiro‘.

Este pedido do Ministério Público, aliás, questiona as condições para se votar alguém para fiscalizar dinheiro público.

Cabe lembrar que esta mesma pessoa tem ações de improbidade administrativa, como bem define o MPE.

Ou seja, homem público merece explicação à sociedade, ainda mais quanto de trata de cuidar do nosso dinheiro, sob pena de que todos seus atos daqui para frente terem que ser questionados e invalidados.

Todo apoio à Justiça, ao MPE neste caso !

E desde já, lanço o desafio de recolhermos assinaturas, fazermos atos, ações, promover debates pela eleição por concurso público para o cargo de conselheiro (esta luta é grande, tem que mudar legislação federal...) Mas vamos lá !

Do contrário, esses pseudo políticos de Mato Grosso riem da nossa cara ! É necessário um basta !

Forte abraço
Jonas da Silva
jornalista em Cuiabá

GIBRAN disse...

A idéia do Jonas é boa, assim como tem sido importante a intervenção do Enock e do Ademar Adams no assunto Bosaipo. Isso nos estimula a colocar o assunto em reunião do Sindjor MT. Afinal, o sindicato tem de tomar, urgentemente, uma posição em relação ao caso.

Sigamos em frente!